Complexo gengivite-estomatite felina

Caracterizada pela inflamação severa e crônica da gengiva, mucosa alveolar e região glosso-palatina (região conhecida como “istmo das fauces”). O CGEF é a segunda doença mais comum encontrada em felinos, perdendo apenas para a doença periodontal.
A etiologia, isto é, a causa ainda não é estabelecida. No entanto é visível o papel das bactérias e infecções virais interferindo na resposta imunológica do animal. Os sintomas variam entre halitose, salivação excessiva, dor, inapetência.
O tratamento varia de acordo com o animal e deve ser planejado junto com o médico veterinário. Nos casos recidivantes o tratamento envolve as extrações dentárias múltiplas. A possibilidade de cura nestes casos é de 80%. São realizadas exodontias mesmo em dentes hígidos, numa tentativa de manter reduzida a quantidade de bactérias presentes na cavidade oral. O processo de resolução, nestes casos, podem levar meses.

Perfil

Informações sobre atuação principal e mini-curriculum da Dra. Mariana Lage-Marques.

Blog

Informações mais atuais e atualizadas constantemente para veterinários e clientes, sobre as cirurgias e artigos científicos.

Contato

Preencha nosso formulário para entrar em contato conosco e não deixe de seguir a Dra. Mariana no Twitter!